quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Porque estamos na Terra, se não para crescer?


Por Juliana Portella

Não consigo acreditar que alguém consiga viver uma vida estagnada. Sem progresso. Mudar é preciso sempre. Mudança é progresso. E ainda tem gente que tem medo, que prefere não arriscar. Estes, não sabem o que estão perdendo. Minha vida hoje se resume a mudança. ahh, não tô contente com a cor do meu cabelo, já enjoei das músicas que eu ouvia, televisão? não consigo mais olhar pra tela. Sempre a mesma coisa... É por isso que eu sou tão insconstante. Os livros que eu li a um ano atrás, já não lembro mais. As roupas que eu usava já não cabem mais em mim. Meu discurso já não cola. Tô empurrando meu barquinho rumo ao futuro, ao melhor. Tô me reconstruindo. Mesmo porque os últimos acontecimentos me trouxeram uma avalanche de arrependimento, maturidade e paciência. Abandonei a emoção e tô seguindo a razão. E vou ver noq ue vai dar.